Como o Suco de Pomelo ou Toranja pode Afetar os Medicamentos?

Uma das Interações Medicamentosas com alimentos mais conhecidas e grave é com o suco de pomelo ou grape fruit juice (Citrus paradisi [Rutaceae]).

O pomelo pode aumentar ou diminuir a absorção de alguns medicamentos na corrente sanguínea, o que pode provocar mais reações adversas medicamentosas ou diminuição dos efeitos terapêuticos; por exemplo, alguns medicamentos para diminuir o colesterol (ex.: sinvastatina), anti-hipertensivos (ex.: nifedipina), ansiolíticos (ex.: buspirona), anti-histamínicos (ex.: fexofenadina) dentre outros. Considere as diversas formas de consumo do pomelo, como o suco, fruta fresca e geleia.





O efeito do pomelo é de 24 horas e o consumo de um único copo de suco pode rapidamente modificar a biodisponibilidade de diversos medicamentos.

O mecanismo de ação do pomelo é por duas formas: i) inibição do citocromo P-450 (CYP3A4) no intestino delgado, o que possibilita um acúmulo de medicamento no corpo. Porém, a intensidade desse efeito também vai depender da suscetibilidade de cada paciente, como a quantidade de CYP3A4 presente (baseline) ou; ii) inibição de algumas proteínas transportadoras de alguns fármacos, o que possibilita uma diminuição de fármaco absorvido, e consequentemente, dos efeitos terapêuticos esperados.