Alerta: Mortes Relacionadas a Falsos Emagrecedores “Naturais"

Segundo a reportagem publicada no Portal G1, denominada “Pílulas Mortais”,1 os produtos sem registro e comercializados pela internet como emagrecedores naturais estão relacionados a diversos casos de eventos adversos graves no Brasil, como hospitalização e morte. Por exemplo, em Santa Catariana, uma mulher de 27 anos teve morte súbita após consumir o produto “natural” chamado de BioSlim. A causa da morte, confirmada através da necrópsia e da análise do produto, foi por intoxicação pelas substâncias sibutramina (anorexígeno com ação no Sistema Nervoso Central - SNC) e diazepam (ansiolítico), dois medicamentos sintéticos autorizados no Brasil, mas sob prescrição médica e que podem provocar efeitos adversos graves quando combinados. 2 O produto BioSlim causou edema pulmonar, arritmia cardíaca e levou a mulher à óbito. 1



Reações adversas como taquicardia, aumento da pressão arterial/hipertensão foram comuns nos estudos clínicos com a sibutramina, e a recomendação é que a terapia seja descontinuada quando o paciente apresentar um aumento clinicamente relevante desses efeitos. A sibutramina também é contraindicada para pacientes que usam concomitantemente algumas substâncias com ação no SNC, e recomenda-se cautela na administração concomitante com outros inibidores da enzima CYP3A4. 3 Entretanto, a reportagem não citou dados adicionais, impossibilitando uma explicação mais detalhada do caso, como a identificação das plantas que poderiam ter uma ação no SNC ou inibir a CYP3A4, resultando em um efeito excessivo da sibutramina/diazepam, ou se a paciente tinha contraindicações, como histórico de diabetes mellitus, hipertensão e/ou tabagismo.


A equipe de reportagem1 ampliou a investigação e conseguiu enviar produtos como o “Natural Dieta”, “Yellow Black” e “Royal Slim” para a perícia da Polícia Civil. Nos rótulos destes produtos estava descrita apenas uma lista de plantas que estariam contidas nas cápsulas. Mas os resultados da perícia identificaram a presença de diversas substâncias psicotrópicas, restritas à prescrição médica e que podem causar dependência, tais como: fluoxetina; diazepam; bupropiona; sibutramina e clobenzorex (ainda sem registro no Brasil).


A equipe dessa reportagem coletou diversos relatos de eventos adversos graves, incluindo outros casos de morte, e identificou que a rede de comércio de emagrecedores ilegais se espalhou para países da Europa.

Apesar das medidas da polícia e do Procon para a retirada desses produtos das redes sociais e plataformas digitais, ainda é possível encontrar páginas ativas. É importante ressaltar que as plataformas, os influenciadores digitais e os revendedores podem ser co-responsabilizados pela divulgação e/ou venda desses produtos, incluindo acusação de tráfico de drogas, quando se tratar de produtos controlados. Caso você tenha dúvidas da autenticidade de um produto, consulte o site da ANVISA ou mesmo um farmacêutico.


Referências

1. Raupp J, Rockenbach P. Reveja a série 'Pílulas Mortais' do NSC Notícias. Portal G1, NSC TV. 19.09.2019. Acesso em: 09.03.2020. Disponível em: <https://redeglobo.globo.com/sc/nsctv/noticia/confira-pilulas-mortais-do-nsc-noticias.ghtml>.

2. Aché Laboratórios Farmacêuticos; Biosintética. Cloridrato de sibutramina. Cápsulas 10 mg. Bulário Eletrônico da ANVISA. Data de aprovação: 24.12.2018. Acesso em: 09.03.2020. Disponível em: <http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/index.asp>.

3. Drugs.com. Drug Interaction Report. Acesso em: 09.03.2020. Disponível em: <https://www.drugs.com/>.

Fonte: Julino Soares; Ana Cecília. Planfavi - SISTEMA DE FARMACOVIGILÂNCIA EM PLANTAS MEDICINAIS. CEBRID, UNIFESP. ISSN: 2596-1918. Nº 53. janeiro/março 2020. Disponível em: https://www.cebrid.com.br/boletins/planfavi/


#plantasmedicinais #ciência #fitoterapia #alerta

51 visualizações

® FitoBula. 2019.

Todos os diretos reservados. 

  • Facebook
  • Instagram