Artigos Recentes

Cien Saude Colet. 2019

[The use of phytotherapy during pregnancy: a global overview]

Cardoso BS, Amaral VCS.

Este artigo tem como objetivo realizar uma revisão integrativa da literatura sobre a prevalência do uso da fitoterapia durante a gestação. Foi realizado um levantamento nas bases de dados SciELO, Medline e Science Direct com os descritores “herbal and pregnancy”, “plant and gestation” e seus correspondentes em português: “planta e gestação”; “erva e gravidez”. Dentre os artigos publicados entre 2000 e 2015, 46 estudos clínicos preencheram os critérios de inclusão e exclusão e foram selecionados para esta revisão. Destes, 11 foram realizados na Europa, 10 na Ásia, 5 na África, 3 na Oceania, 16 na América e, apenas um, foi de caráter multinacional. Na maioria dos estudos (67,39%) o método utilizado foi o de entrevista. A prevalência do uso da fitoterapia descrita nas publicações foi muito variável. Ademais, a camomila, o gengibre, o alho, a menta e a equinácea foram as espécies mais utilizadas pelas gestantes. Os dados mostram que o uso da fitoterapia durante a gestação é uma prática disseminada entre mulheres de todo o mundo, independentemente das variáveis socioeconômicas e étnico-culturais que eventualmente possam distingui-las.

® FitoBula. 2019.

Todos os diretos reservados. 

  • Facebook
  • Instagram